AutoCAD 2010 – Novidades da versão

Você está em: AditivoCAD.Com » Blog » AutoCAD » AutoCAD 2010 – Novidades da versão

O AutoCAD 2010 foi lançado oficialmente no Brasil em 25 de Março de 2009, foi a primeira vez que o lançamento se deu no Brasil tão rapidamente.

Pois é, mal alguns se acostumaram com do AutoCAD 2009, que veio com a interface totalmente remodelada e coisa e tal… E a versão 2010 já se apresenta. Inicialmente vendo algumas “screen shorts” (telas) por ai, tem uma cara de 2009 recauchutado, mas teve grandes mudanças.

Todas estas novidades do AutoCAD 2010, me lembra aquelas das versões passadas, que a maioria dos mortais ainda não usa.
O AutoCAD tem se tornado uma ferramenta tão complexa em relação ao volume de recursos, que é praticamente impossível encontrar um profissional, mesmo entre os experientes, que tenha uma grande quantidade de respostas imediatas.

Então vamos às novidades, sem deixar de lado uma ou outra informação que considero restritiva.

Incompatibilidade binária

Este normalmente vem mascarado de “um novo formato dwg” ou algo do genero, mas o fato é que independente de ser bom ou ruim, trata-se de uma novidade que desagrada muitos usuários, a qual tem se repetido a cada três novas versões desde o AutoCAD 2000.
Na prática, significa que quem fizer um desenho no AutoCAD 2010 e passar, por exemplo, a que tem o 2007, este não vai conseguir abrir o arquivo, a não ser que quem enviou tenha convertido o desenho. É o famoso “novo formato Dwg”.
Outro ponto relacionado, é que certamente aplicativos baseados no AutoCAD já existentes para versões anteriores, terão que ser atualizados, e isto depende de cada desenvolvedor.
Esta incompatibilidade deve afetar principalmente produtos que utilizem recursos ActiveX, ObjectArx dentre outras… Mas mesmo rotinas AutoLISP mais simples podem precisar de correções devido uma ou outra alteração no funcionamento de algum comando do AutoCAD 2010.

Em relação ao novo formato Dwg, tem alternativa de solicitar a que quem lhe fornecer os desenhos que os converta, e assim como já existe aplicação (para versões anteriores do AutoCAD) que faz conversão de dwg, em pouco tempo deve aparecer algo para o novo formato dwg 2010.

Seria o inicio da aposentadoria do VBA?

Este é um ponto a ser avaliado tanto por desenvolvedores como por quem utiliza macros VBA no AutoCAD.
O VBA (Visual Basic Application) é uma linguagem da Microsoft que o AutoCAD suportava até a versão 2009, na verdade ainda suporta, só que o VBA não vem mais integrado ao AutoCAD 2010, é preciso um download à parte: www.autodesk.com/vba-download.
Por isto, é possível que alguns macros VBA que você tenha, não vão mais funcionar, a não ser que baixe o pacote que é oferecido (não sei até quando) no link acima.

Podemos observar neste link (http://support.autodesk.com/getDoc.asp?id=TS1105147), que está acontecendo uma transição da linguagem VBA para VB .NET, tudo indica que para as próximas versões do AutoCAD o VBA seja extinto, penso isto até pela recomendação do documento: “Therefore, it is strongly recommended that VB developers develop all new code using VB .NET.”. Resumindo, é altamente recomendável que desenvolvedores VB comecem escrever seus novos códigos em VB .NET. Segundo o próprio documento, VBA pode ou não ser suportado nas futuras versões, deixando uma incerteza com cheiro de certeza que será extinta, duvido que iriam dizer isto ao vento.

Documentos PDF

Lidar com PDF melhorou. A função de gerar arquivos para um formato PDF já existia desde o AutoCAD 2007 (como uma impressora virtual), na versão 2010, você pode publicar diretamente a partir do arquivo Dwg.
A qualidade dos arquivos PDF também foi melhorada, podem ter uma resolução de até 600dpi, bem como a incorporação de fontes truetype sem que as mesmas sejam convertidas em curvas, o que melhora de forma significativa a qualidade do documento.
Há também a possibilidade de poder trabalhar com PDF como uma referencia externa, e até mesmo anexá-lo ao seu projeto, usando como um plano de fundo (underlay).
Veja abaixo dois vídeos publicados no youtube sobre as melhorias com o PDF (narrado em inglês).


Exportando PDF

PDF como plano de fundo (Underlay)

Desenho paramétrico

É um recurso interessante, você pode estabelecer uma relação entre objetos ou com o sistema de coordenadas. Uma vez que os objetos estejam atrelados, serão sincronizados no caso de alterações, mantendo, por exemplo, linhas sempre paralelas e círculos concêntricos…


Demonstração baseado em bloco

Restrições geométricas

Melhorias para medir e conferir seu desenho

Comandos aprimorados para medir raios, ângulos, distancias e áreas baseados em seleção de objetos ou pontos seqüenciais. Apresentam dados mais consistentes na própria tela gráfica, permite acumular valores e medidas…

Rotação de Viewports (Rotation Viewport)

Você pode girar uma viewport dentro de um layout, e com a nova variável de sistema “vpRotateAssoc” definida em “1”, a vista também acompanha esta rotação, mas mantendo os objetos no model space intactos.

Há muito mais

Isto aqui obviamente é um resumo, abordando apenas algumas das novidades. Houve diversas melhorias, como na impressão 3D, blocos dinamicos e no que tange a documentação do projeto. Na personalização inclui um “gravador de ações” que permite a de gravação de macros através de interface visual, além de várias outras novidades.
Vou sugerir mais alguns links e documentos externos, onde você pode conhecer um pouco mais sobre o AutoCAD 2010.

Truques e dicas (PDF em inglês):
www.autocad2010.com/pdf/ACAD10_tips_and_tricks.pdf

Recursos e benefícios (PDF em inglês):
www.autocad2010.com/pdf/pt/AutoCAD2010.pdf

Videos com dicas e truques (inglês):
adskmedia.com/autocad_2010/

Ajuda on-line (help on-line em inglês):
docs.autodesk.com/ACD/2010/ENU/AutoCAD%202010%20User%20Documentation/

Para quem quiser baixar e testar AutoCAD 2010

Está disponível no site da Autodesk o download do AutoCAD 2010 trial (teste) válido por 30 dias.

Vou deixar algumas informações que peço que leia antes de baixar, instalar, ou até mesmo antes de comentar o artigo.

  1. Esta versão é apenas para teste, vai parar de funcionar depois de 30 dias, e desejando usá-lo além deste período é preciso comprar a versão definitiva.
  2. Este blog ou até mesmo o site, não vende o AutoCAD, para isto você deve procurar uma revenda da Autodesk, neste link aqui você pode ver uma lista e encontrar uma mais próxima: www.autodesk.com.br/reseller, ou use o google
  3. Antes de baixar o trial, leia as recomendações da própria página (em inglês)
  4. Não temos condições de orientar ou dar suporte para o AutoCAD, seja o trial sugerido ou qualquer outra versão, portanto se não se sente seguro quanto à isto, recomendo que não faça o download.

O link de download é este: www.autodesk.com/autocad-trial

Bom, é isto. Caso tenha algum comentário, fique à vontade.

Alguns artigos relacionados:

- AutoCAD 2010 – Apostilas, vídeos e tutoriais em português »
- AutoCAD 2013 »
- AutoCAD 2012 »
- AutoCAD 2011 para Macintosh »
- AutoCAD 2011, Download e novidades »


34 comentários para “AutoCAD 2010 – Novidades da versão”

  1. Júlio César disse:

    Não consigo encontrar uma apostila descente de AutoCad 2010. Todo site me joga para outros e não encontro o que procuro.
    Sobre o Cad 2010, quero saber se nele como no Cad 2011, tem como colocar bússola.

    • Fredy disse:

      Júlio César, depende do que você quer dizer com descente. No link de apostilas do site tem diversas opções em várias versões, ver em http://www.aditivocad.com/apostilas.php?de=autocad

      Com um pouco de pesquisa dá pra usar o material e até mesmo adaptar conteúdo de outras versões, mas se nenhuma das opções atende plenamente a sua necessidade o negócio é partir para conteúdo pago, como um curso ou compra de um livro…

  2. Vilmar João Cunha disse:

    Bom dia, instalei o Autocad 2012 e já baixei o VBA também, só gostaria de saber se o VBA deverá ser executado dentro do Autocad ou só executá-lo no pc como fiz, pois há uns arquivos que ele não reconhece e tenho que abrir no Autocad 2010, grato.

  3. Alex disse:

    Estou trabalhando na versão inglês a algum tempo. Mas ainda sinto dificuldades com o idioma quando quero utilizar alguns recursos… Vale a pena instalar a versão em português? Tecnicamente a versão em português tem alguma desvantagem em relação a versão normal em inglês???

  4. Firmino Nogueira Neto disse:

    Na versão do AutoCad 2010 consigo elevar as paredes em 3 D mais não estou conseguindo Renderizar.
    Tenho que fazer referências a s Layer, como na Versão 2004 ? Deve ser apenas configuração da renderização… alguém pode me ajudar.? fica meus Agradecimentos

  5. JAIR OTAVIO disse:

    AMIGOS TENHO A VERSAO 2010 INSTALA EM INGLES QUERIA O PACK EM PORTUGUES ALGUEM PODE ME AJUDAR?

  6. Ana Santos disse:

    OLÁ,
    ESTOU COM UM PROBLEMA.
    COMECEI A USAR O AUTOCAD 2010 EM IDIOMA PORTUGUÊS DO BRASIL E NÃO SEI QUAL O COMANDO QUE SUBSTITUI O PLAN

    • Fredy disse:

      Ana, não sei qual é. Mas a dica que te deixo vale para qualquer comando inclusive em outras versões do AutoCAD, quando não se sabe a tradução do comando digite o nome original precedido de um ponto.

      No caso do PLAN basta colocar .PLAN.

  7. Olivio Sokoloviski disse:

    Gostaria de saber qual o comando no AutoCad 2010, que lista o tempo trabalhado em um determinado projeto.

    • Fredy disse:

      Olivio, basta digitar o comando TIME e serão listados alguns parametros, dentre eles “Total editing time:” que é o tempo de edição do arquivo.

      Este valor pode não condizer com o real pois refere-se ao tempo que o arquivo esteve aberto, isto significa que o aquele tempo que o arquivo é deixado aberto e o desenhista sai para almoço, café ou desvia sua atenção para alguma outra atividade, acaba sendo contado como um tempo de edição do arquivo.

  8. Edmilson disse:

    Olá Freddy,

    Bem amigo, estou com um problema.
    Já faço alguns projetos arquitetônicos no Autocad e usava a versão 2007. Agora instalei a versão 2010 mas não tenho os comandos na minha área de trabalho e com isso não estou conseguindo fazer meus desenhos.
    Tentei transferir os comandos do Toolbar do Main Custumization File para o Toolbar do New File no Custumize User Interface, mas não deu certo. Não consigo finalizar a aplicação.
    Será que você pode me ajudar me orientando em como fazê-lo?

    Estava lendo aqui e na boa, não sei o que é VBA. Você poderia me dizer?

    • Fredy disse:

      Edimilson, não tenho como testar esta combinação aqui entre as versões que você menciona, mas ao menos teoricamente deveria dar certo. Agora, ocorre que há também uma diferença gritante de interface entre o AutoCAD 2007 e 2010 por conta do ribbon utilizado no 2010. Talvez seja uma alternativa utilizar a interface classica do AutoCAD 2010 que deve ficar bem parecido com o 2007, então se tiver menus personalizados tentar transferi-los na sequencia.

      Quanto ao VBA, é “Visual Basic for Application”, uma linguagem da Microsoft utilizada em vários programas, sendo o AutoCAD um deles. Ela permite a criação de pequenas rotinas e aplicativos para o AutoCAD, para que o aplicativo feito em VBA rode no AutoCAD, é preciso que o interpretador VBA esteja instalado no AutoCAD e, a partir da versão 2010, ele não vem como padrão sendo preciso instalar separadamente, assim, se for usar alguma rotina em VBA para o AutoCAD 2010 terá este imprevisto. O VBA pode ser extinto de futuras versões do AutoCAD, sendo recomendado para quem desenvolve aplicativos nesta plataforma passe a usar a linguagem .NET

  9. Carlos disse:

    Gostei do tutorial, as dicas foram muito uteis, valeu!!!!!!!!!!!!!

  10. Ednaldo Faro disse:

    Olá Fredy,

    Bom dia, gostaria de saber de vc se já existe disponível uma versão do autoCAD2010 em português e onde posso encontrar?

    Um abraço.

    • Fredy disse:

      Ednaldo, não sei te informar, até porque não trabalho com AutoCAD em idioma português. Por palpite, versão nativa em português (como ocorria em versões antigas do AutoCAD) eu acho que não deve ter mais, no entanto pode ser que tenha “language pack” que são como pacotes de tradução instalados separadamente, como que vem no 2011. Como não tenho informação exatata de onde tem, o caminho para buscar isto seria no proprio site da autodesk ou no google.

  11. Alexandre disse:

    Olá gostaria de saber se existe alguma novidade em ferramentas para 3D, e se o fato de deixar a workspaces cofigurada em autocad classic me priva de alguma ferramenta nova que venha existir?

    • Fredy disse:

      Acredito que não haja prejuizos pelo fato de usar a interface classica, no que diz respeito a novos comandos, apenas será privado de usar interface ribbon. Há quem não goste e considere a interface clássica mais produtiva, vai mais do gosto e ritmo de trabalho de cada um.

  12. Quanto ao VBA, tenho observações:

    Até hoje o bom e velho AutoLISP ainda roda em diversos aplicativos e nem sinal de ser eliminado.
    Com o VB6 ainda existem inúmeras empresas de porte que utilizam programas desenvolvidos com esse software.
    Acredito que o VBA ainda tem muito chão pela frente, pois a sua base é o VB6.

    Mas é notório e vejo que necessário, que os desenvolvedores, assim como eu, se especializem em .Net, pois além de ter muito mais recursos, tem um visual que dá 10 a zero no VBA. Ao mesmo tempo que se adquire experiência para utilizar em outros softwares de Engenharia como Inventor e Solid Works.

    Atc.
    Ladimir Abdala

    (Existem 10 tipos de pessoas, as que entendem código binário e as que não entendem)

    • Fredy disse:

      Ladimir, grato pela participação.

      De fato, tem muita empresa com tecnologia pronta em VB e não seria uma boa forçarem estas empresas uma migração da noite para o dia.

      Agora, uma das razões que deve levar a autodesk a fazer isto com VBA (e não com AutoLisp), é o fato que o VBA é ferramenta da microsoft, que o descontinuou. Empresas como autodesk são cobradas quanto ao uso de tecnologias atualizadas, seria meio sem sentido eles manterem por muito tempo uma ferramenta que não tem mais suporte e atualizações. Já o Autolisp, é parte do proprio Acad

      O AutoCAD 2011 também não trouxe o VBA incluso, por palpite, acredito que o AutoCAD 2012 deverá proceder da mesma maneira e o AutoCAD 2013 deve retirar o VBA.

  13. Erika disse:

    Olá!

    Eu estou com dificuldades para gera pdf versão 2010, o arquivo gerado fica totalmente desconfigurado e pede fonte de textos. Qual será o problema?

    Grata

    Erika

  14. jose joaquim da silva filho disse:

    Eu gostaria de fazer um curso de desenho arquitetonico .Trabalho na construção civil na realidade construo casa para vender para as pessoas q financia na caixa Economica federal gostaria de não depemder dos projetista .Sendo eu mesmo projetando o meu imoveu

    • Fredy disse:

      Joaquim, com um curso de desenho arquitetonico você deixa de depender do projetista (desenhista), no entanto continua na dependencia de um engenheiro ou arquiteto para lhe fornecer a ART e legalizar seu projeto (crea e prefeitura) e por vezes acompanhar a obra. Se é isto que quer, clique neste link aqui e verifique o conteúdo, depois um curso de AutoCAD será requerido. Agora se quer deixar a dependencia de um engenheiro ou arquiteto, somente se tornando um, que é por meio de curso de graduação (nível superior).

      Espero ter ajudado.

      • ARQ. Letícia disse:

        Tô pasma.

        • Irany Amaral disse:

          José Joaquim, atualmente sua função é empresário de construção. Quem projeta são engenheiros e arquitetos que são graduados para isso. Você até pode fazer um curso de desenho técnico e desenhar o projeto que um profissional elaborou, mas não sei se isso ajudará muito em seus negócios.

  15. Paula disse:

    Olá!

    Gostaria de saber se a ferramenta Layers, dentro do Express, deixou de existir. Nao consigo encontrá-la nas versões 2009 nem na 2010.

    Obrigada!

  16. Julian Reciere disse:

    “Em relação ao novo formato Dwg,…, em pouco tempo deve aparecer algo para o novo formato dwg 2010.”

    Se não estou errado, a aplicação DWG TrueView 2010 disponibilizado gratuitamente pela própria autodesk, além de um ótimo visualizador de projetos, incluindo ferramentas como retiradas de medias e áreas do projeto, possui uma função de conversão do arquivo .dwg do AutoCAD 2010 para versões anteriores do AutoCAD.

    • Fredy disse:

      Julian, sua colocação está correta. Não me atentei a isto no momento em que escrevi o artigo.

      O Dwg True View, embora seja um aplicativo conhecido mais popularmente como um visualizador, ele de fato tem esta função de conversor.

      Grato pelo comentário.

  17. Djalma I da Silva disse:

    OK! Sobre o tópico “Seria o inicio da aposentadoria do VBA?”

    Então quais são as formas de programar na versão nova do AutoCAD 2010?

    Se não existe ou se não existir mais o VBA a partir da versão 2010, então continua o VisualLISP e o modo ObjectARX?

    Faço plug-ins para AutoCAD e uso com frequência o VBA. Qual a melhor alternativa?

    Obrigado!

    Djalma Inácio da Silva

    • Fredy disse:

      Olá Djalma!

      O VBA ainda existe como um pacote separado, se seus plug-ins são distribuidos é bom que instrua sobre a necessidade de baixar o pacote à parte.

      Há uma indicação, não muito clara, mas que leva a crer que nas próximas versões do AutoCAD o VBA seja retirado. Não posso te afirmar a respeito disto, mas palpitando, penso que esta atual remoção do VBA mas deixando a possibilidade de baixar o pacote separado, deve ser usada como termometro para medir e fazer algum acompanhamento, dependendo de como se comportar este termometro eles podem retira-lo definitivo no AutoCAD 2011 por exemplo.

      A recomendação que a AutoDesk mesmo faz, para quem faz questão do VBA, e passar a usar “VB .NET”. Fora isto, resta as opções que o Sr mesmo citou.

      ARX e Visuallisp devem continuar. Na verdade a retirada do VBA é substituida pelo VB .NET.

      Grato pelo comentário.

  18. JOAO disse:

    PORQUE SÓ O autoCAD R14 TEVE O COMANDO CHT E NÃO OUVE NOS OUTROS AUTOCAD NEN UM COMANDO QUE SUBSTITUI ESTE COMANDO QUE E TANTO USADO EM PROJETOS DE URBANIZAÇÃO?

    • Fredy disse:

      Olá João!

      De fato o comando foi descontinuado das ferramentas express tools (conhecido como bonus no AutoCAD 14), do AutoCAD 2000 em diante. Não sei exatamente a aplicação que usava para o comando, mas a sugestão é que use o comando properties podendo combina-lo com find, para alterações de maior quantidade de textos.

      Veja também na seção de rotinas do nosso site (http://www.aditivocad.com/utilidades.php?tipo=rotina) e procure por “Dynamic Change Text”, é possível que possa lhe ajudar também.

      Boa sorte.

Deixe um comentário

Comentários sob moderação, só aparecem para todos se aprovado.
Regras para comentar:
Neste canal, NÃO é prestado atendimento comercial (produtos do site). Para tratar sobre compras suporte a produtos etc... favor acessar o atendimento do site.

Foco no assunto: Deixe apenas opiniões, criticas, elogios, sugestões ou comentários que tenham relação com o conteúdo da página onde será exibido o comentário.

Proibido: Fazer auto-promoção ou propaganda; Divulgar/solicitar informações sobre cracks e afins; Solicitar informação ou resposta privilegiada por e-mail; Reclamar ou cobrar que sua  pergunta não foi respondida. Comentários desta natureza não serão aprovados.

Este espaço apesar de aberto à sua participação e ter informações divulgadas publicamente, é um espaço privado. Então, mensagens ofensivas ou contrárias aos interesses do site podem ser ignoradas sem maiores explicações.

Digite seu comentário. (O moderador pode edita-lo antes da publicação, afim de adequar as regras)

Repita o e-mail:

Digite o codigo da imagem seguinte: