Compartilhe Conteúdo

Como pesquisar seu salário em relação ao mercado

Você está em: AditivoCAD.Com » Blog » Mercado de trabalho » Como pesquisar seu salário em relação ao mercado

Profissional do projetoHá um ano atrás publiquei aqui no blog um artigo sobre como um autonomo pode cobrar projetos de engenharia, arquitetura

Agora é a vez de dar uma dica para quem trabalha no regime CLT (empregado assalariado) e quer saber se seu salário está defasado ou na média.

Obviamente o publico que prevacele em nosso site e blog está ligado à construção civil, mas esta informação se estende para outros ramos.

O site que permite consultar salários é o salariometro.sp.gov.br, mantido pelo governo do estado de São Paulo. Ele se baseia no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados fornecido pelo Ministério do Emprego, tomando como parâmetro as contratações dois últimos seis meses.

Correção, o “salariometro” foi descontinuado no link informado anteriormente, agora você pode fazer a pesquisa em outro link mantido pela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). É só clicar: www.salarios.org.br/#/salariometro.

Os critérios de pesquisa são os mesmos, a interface do serviço também foi melhorada.

Como funciona a pesquisa

O interessante do serviço é que ele não se restringe ao estado de São Paulo, você pode consultar salários de outras regiões.

Para pesquisas dentro do estado SP, existe possibilidade de consultar baseado em municípios, já fora do estado de São Paulo as pesquisas ficam um pouco restritas pois são dadas como uma média geral do estado.

Uma pesquisa salarial é algo complexo, portanto, muito cuidado antes de pensar que está ganhando pouco. Existem inúmeros fatores que podem influenciar o salário de determinada profissão. Por exemplo, a economia da cidade, se há mais oferta de vagas ou carência de mão de obra, se há excesso de mão de obra e carência de vagas e por ai vai…

Exemplo de uma pesquisa

A título de exemplo, fiz uma pesquisa no salariometro para dois cargos e em cidades diferentes no estado de São Paulo, para os dois casos houve diferenças de ganhos, e muita. Veja a seguir.

Arquiteto Urbanista:

Grande São Paulo (89 contratações) – Salário médio R$ 3.970,00
Municipio de Varzea paulista (1 contratação) – Salário R$ 2.841,00
Municipio de Taubaté (1 contratação) – Salário R$ 1.500,00
Municipio Campinas (1 contratação) – Salário R$ 3.495,00

Desenhista projetista de construção civil (auxiliar de engenheiro civil):

Grande São Paulo (300 contratações) – Salário médio R$ 2.834,00
Municipio de Americana (40 contratações) – Salário médio R$ 1.897,00
Municipio São Carlos (4 contratações) – Salário médio R$ 1.262,00
Municipio Ribeirão Preto (19 contratações) – Salário médio R$ 1.478,00

Como pode perceber, capitais costumam ter melhores salários, pois são economias mais fortes e tem custo de vida maior.

Apesar destas grandes diferenças salariais, há casos onde pode haver um salário apontado para uma cidade de interior ser maior, mas não se deixe levar por isto se o numero de contratação for muito pequeno. Por exemplo, em Bauru/SP apontou R$ 4.590,00 pra Arquiteto Urbanista, porém apenas uma contratação, o que dificulta estabelecer se a empresa que contratou tirou a média do mercado ou elevou a média porque havia dificuldade na recrutação específica.

Obs.: Pesquisa feita em Setembro/2011, baseando nas contratações dos últimos 6 meses, a pesquisa atualizada ou para outras localidades.
Primeira pesquisa feita em salariometro.sp.gov.br, agora você pode fazer em www.salarios.org.br/#/salariometro

Alguns artigos relacionados:

- AutoCAD em português vale a pena? »
- Contratos para projetos de arquitetura e engenharia »
- Quanto cobrar em projetos de arquitetura e civil »
- Profissões da construção civil ligadas aos projetos »
- AutoCAD para iniciantes – Orientações para os primeiros passos »


**Créditos da imagem: sxc.hu/photo/1020727

Deixe um comentário

Comentários sob moderação, aparecem se aprovados.
Regras para comentar:
Neste canal, NÃO é prestado atendimento ou suporte para produtos comercializados no site, tais como AditivoCAD 3 ou 1LT. Para estes casos, favor acessar o atendimento do site.

Não aprovaremos mensagens contendo publicidade, informações sobre cracks e afins, mensagens ofensivas ou pedido de suporte para nossos produtos (que deve ser feito no canal apropriado).

Digite seu comentário. (O moderador pode edita-lo antes da publicação, afim de adequar as regras)

Repita o e-mail:

Digite o codigo da imagem seguinte:



Aprecia o conteúdo do blog?

Curta a Fan Page do AditivoCAD.Com




(X) Fechar