Calcule o valor da hora de trabalho

 

Informações sobre este calculo

Esta ferramenta gratuita ajuda a estimar o valor da hora trabalhada para projetos de arquitetura e engenharia. Foi desenvolvida pensando em projetistas e desenhistas que atuam como autônomos, porém pode ser utilizada por profissionais que atuam em outras áreas.

Nesta estimativa toma-se como base o salário médio de um desenhista/projetista (ou outro profissional) com vinculo empregatício, bem como impostos e beneficios adicionais previstos na legislação trabalhista do Brasil.

Sabendo quanto vale a sua hora de trabalho, você tem como alternativa apresentar orçamentos baseados em cada projeto individualmente, bastando levantar a quantidade de horas que vai passar em determinado projeto e multiplicar pelo valor da sua hora de trabalho.

Vale ressaltar que esta é apenas uma forma e sugestão de cobrança. Cada região do país pode apresentar critérios de preços já consolidados pelo mercado local, por isto vale sempre levantar estas informações antes de compor seu preço.

Importante Confira também, um artigo publicado sobre os meios de cobrança de projetos, veja como e quanto cobrar projetos clicando aqui »

Calculadora da hora de trabalho

Salário e carga horária
O valor previamente preenchido é arbitrário, para valores reais pesquise na sua região. Se quiser veja: Pesquisar o salário de um profissional de acordo com sua região.
Insira carga horária minima de 120 horas.
Benefícios e Impostos incidentes
Despesas mensais
Coloque o valor mensal do aluguel que você paga para o seu escritório. Se tem um Home Office (em casa) mas ainda assim paga aluguel, convém especificar uma parcela deste aluguel como sendo referente ao escritório.
Não se esqueça dos custos com contas de energia elétrica e similares, lembre-se também de impostos como IPTU, taxa de iluminação e outros referentes ao imóvel onde funciona seu escritório. Para impostos cobrados anualmente, divida o valor por 12 e considere apenas o custo mensal.
Em caso de Home Office onde há gastos compartilhados com a residencia, especifique uma parcela dos custos da residência para a despesa do escritório. Como sugestão para esta parcela referente ao Home Office, faça um proporcional por metro quadrado da área (em casos de impostos) e proporcional por moradores da residencia (para energia/água/internet).
Considere gastos com assistência técnica, como instalação de programas, configurações, formatação etc... Caso você mesmo que faça esta manutenção, deve ser considerado algum valor, pois enquanto estiver fazendo-a está se ausentando da atividade principal. Inclua também (quando houver) eventuais despesas com suporte técnico, aluguel de software, enfim despesas com T.I.
Coloque todas as despesas de material de consumo, tais como tonner e tinta de impressora, papel, mídias e qualquer outro material de consumo no seu escritório. Obviamente este tipo de consumo é relativo ao volume de trabalho, ainda que você não a previsão deste gasto, é bom fazer uma estimativa minima que pode ser baseada em meses anteriores, ou arbitrada para posteriormente ser ajustada.
Todo equipamento tem uma vida útil e com o tempo vai requerer atualização ou substituição. Some o valor do seu equipamento (computadores, impressoras, no-break, móveis de escritório etc...), e divida pelo tempo estimado em meses que o mesmo vai requerer uma troca ou atualização. Por exemplo, se o valor estimado é em R$4.000,00 com previsão de duração de 3 anos, dividindo por 36 meses chega a quantia próxima a R$110,00.
Outro item que deve ser considerado é o Software, que por estimativas tem um tempo de vida útil em torno de 5 anos sem atualizações ou troca. Por exemplo, se tem R$5.000,00 em software, é um custo em torno de R$84,00 mensais.
Caso tenha alguma outra despesa mensal além destas solicitadas, especifique em "Outras despesas".
A margem para desconto dará um valor maior na hora calculada, assim pode conceder um desconto (percentual) informado neste campo, sem comprometer o valor minimo do calculo.
Esta margem é útil para quem gosta de negociar preços com o cliente, assim você estabelece um desconto. O calculo final apresentará o valor normal e o valor com adicional.
 

Comentários Comentários


 
ANTONIO JOSE ALVES DOS
Em 12/06/2018 15:02

Que ótima iniciativa! Eu vejo tanto desenhista e profissional rebaixando a nossa profissão. Colocando preços absurdamente baixos como R$300, R$400 p fazer um projeto. Isso é horrível. Vamos valorizar gente.

Miriã
Em 13/04/2018 13:59

Existe está planilha pra baixar? Como faço pra adquirir?

Respostas:
Fredy (respondeu em 13/04/2018)

Miriã,
Este calculo não é por meio de planilha. Esta ferramenta é um serviço que funciona on-line dispensando downloads ou instalações, sendo de uso gratuito.


SAMANTHA XAVIER
Em 15/03/2018 13:01

Excelente, para quem está começando é um ótimo "Norte"!!!! Parabéns!
Poderia me esclarecer uma dúvida: Por que no cálculo pede distinção de sexualidade (masculino/feminino), e descrição de cor/raça?

Respostas:
Fredy (respondeu em 15/03/2018)

Oi Samantha.

Há alguma confusão ai ou algo errado em seu navegador/computador. O Formulário de calculo não requisita este tipo de informação, nem mesmo qualquer tipo de identificação pessoal.


MARCOS COSTA
Em 14/03/2018 12:39

PARA QUE VOCE TENHA O ADCIONAL DE 10%, POR EXEMPLO, VOCE DEVE PEGAR O VALOR DA HORA DE TRABALHO E DIVIDIR POR 0,9 E NÃO MULTIPLICAR POR 1,1. FICA A DICA.


Respostas:
Fredy (respondeu em 14/03/2018)

Marcos,

Dividir por 0,9 dá o valor com um adicional maior que 10% (11,1111...%), mas permite 10% de desconto para voltar ao valor exato.

Multiplicar por 1,1 adiciona 10% exatos, só não permite que se dê os 10% de desconto para voltar ao valor exato. A proposta do formulário é adicionar os 10% para negociação, assim não é incorreto multiplicar por 1,1.

Apesar disso, acredito que sua sugestão é mais interessante que forma que está, no entanto precisarei mudar a explicação do formulário especificando ser margem de desconto e não adicional e esclarecer o mesmo no resultado final.

Obrigado pela dica.


FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA
Em 06/02/2018 18:26

Muito bom. Vou fazer um cálculo depois

JUNIO DOS SANTOS DE LIMA
Em 11/09/2017 22:31

Muito bom o site e as ferramentas

João Domingos Paiva
Em 19/08/2017 14:14

Prezado, boa tarde,
sou engenheiro civil e estou fazendo uma tabela semelhante à que você disponibilizou.
Comparando os valores, percebi que você calcula a remuneração final de forma equivocada.
Se for do seu interesse me envie um e-mail que explico melhor (poucos caracteres para explicar).
att,João

Respostas:
Fredy (respondeu em 20/08/2017)

Olá João!
O critério deste calculo é incluir impostos e custos. É meramente para orientação, não deve cobrir todos os casos e necessidades, até porque nem sempre o valor final vai corresponder a uma média do mercado (o que pode variar e muito de região para região). Ainda assim deve servir para dar ao menos um rumo. Quanto ao calculo equivocado, não percebi falha no mesmo. Mas se você verificou alguma falha, pode clicar no menu Atendimento e enviar a mensagem informando o problema.
Um abraço.


Adriano
Em 11/08/2017 14:00

Tenho vasculhado a internet atrás dessas informações. E enfim as encontrei por indicação de um amigo.
Agradeço sinceramente pelo seu tempo. e tenham certeza de que divulgarei ao maximo esse site.
??

Márcio
Em 16/05/2017 16:56

Olá, estou desenvolvendo um projeto de software para a empresa que trabalhei anteriormente e gostaria de uma opinião de como cobrar ela pelo serviço (se por horas trabalhadas, pelo projeto, horas trabalhadas + projeto, impostos, benefícios, despesas, etc.).

Respostas:
Fredy (respondeu em 18/05/2017)

Dificil opinar, mas creio que se você tem compromisso de ir até o final do projeto, cobrar pelo projeto como um todo te dá liberdade de acelerar e terminar antes ou mesmo terceirizar partes que julgar conveniente. Você pode estabelecer um valor da hora trabalhada e estimar o tempo de termino do projeto para dar o orçamento.


Claudio Pereira
Em 04/05/2017 16:00

Muito bem trabalhado e calculado.
Por ser uma estimativa é bem próximo do mercado informal.
Parabéns por sua determinação e ajuda a nós profissionais do
ramo.

ana paula leite
Em 03/05/2017 09:46

Excelente! Parabéns a pessoa q criou esse recurso, me ajuda e continua me ajudando muito.... Muito obgada

Mário
Em 26/04/2017 22:54

Adorei, muito boa e já estou colocando em prática

Francisco João de Sousa
Em 25/04/2017 21:13

como posso baixar essa tabela no meu pc.

Respostas:
Fredy (respondeu em 26/04/2017)

O resultado do calculo o você pode usar uma impressora PDF (ex. a opção imprimir como PDF do chrome) e manter no seu computador para consulta. Já a função de calculo da hora só funciona on-line.


Professor Raimundo Evangelista
Em 03/04/2017 16:30

Não resta duvida de que os cálculos da planilha é exata. Obrigado!

Cláudio Rossi
Em 14/03/2017 13:36

A planilha foi de grande valia..

Obrigado a todos.

Manoel Amaro
Em 04/03/2017 21:43

Pessoal parabens por ter criado uma planilha desse porte tao inteligente e de grande valia.

ANDERSON JOSE RODRIGUES ALVES
Em 02/03/2017 08:21

Gostei me ajudei muito, mas pra eu começar pagar estes impostos tenho que ter cliente eu comecei no AutoCAD, já sei fazer alguma coisa só que não tenho clientes ainda.

Vania Tammerik Inácio da Silva
Em 06/02/2017 17:49

Essa tabela de cálculo de R$/hora é excelente!!

Marcelo Costa
Em 02/02/2017 19:45

Parabéns, vai ser de grande valia.

Paulo Sergio Vieira de Souza
Em 20/01/2017 00:04

Muito bom a ideia é bem funcional Parabéns

Cassiano
Em 18/01/2017 18:09

SHOWWWWW DE BOLA.....muito bom mesmo.

jonathan evaldt
Em 17/01/2017 19:20

media para cobrar hora trabalhada

Marçal
Em 16/01/2017 13:50

Muito bom mesmo, gostei muito, agora sabemos o que devemos cobrar e valorizar os nossos serviços como projetistas. Obrigado.

Moisés
Em 05/12/2016 12:23

Vocês estão de parabéns, essa ferramenta ficou muito boa e pode ajudar muitas pessoas que não sabe como cobrar pelo seu serviço prestado...

Gerson
Em 12/09/2016 18:12

Achei muito bom e oportuno este artigo bem como a planilha. Me auxiliou de maneira excelente. Parabéns aos elaboradores!

Douglas Augusto
Em 19/06/2016 10:26

Importante principalmente quem deseja iniciar no mercado d trabalho,e servi também para ter noção em outra área ex:eletricista.
Obrigado.

José Carlos
Em 15/06/2016 15:53

Excelente ferramenta de suporte e aplicação para calculo de hora de trabalho. Parabéns pela criação e compartilhamento.

José Carlos Sanches

Rosimeire F Silva
Em 12/04/2016 11:42

Não costumo realizar trabalhos fora da hora de trabalho. Recorri a este site para ter uma ideia do valor a cobrar em um trabalho extra. Foi bastante satisfatório. Agradecida pela ajuda.

Magno
Em 29/02/2016 00:27

Olá, estou começando a usar o aplicativo agora. Porém pelo que vejo é uma excelente ferramenta para essa área.

Grato pela dica.
Att,
Magno.

Gilson Fernando da Silva
Em 15/02/2016 21:32

LEGAL!
Gostei dessa planilha, sou Mestre de Obras e estou concluindo meu curso de Desenhista CAD, estou começando a montar meu escritório e vai ser útil.

Antonio Carlos Totta
Em 12/11/2015 15:57

Muito bom esta planilha de calculo, estou me preparando para abrir uma empresa de Automação e Manutenção esta planilha vai me ajudar em muito, pois sabemos que são mera base e que os cálculos reais variam muito para cada caso, mas o imporatnte é ter uma base, muito obrigado, parabens.

jorge pires nascimento
Em 06/11/2015 21:08

muito bom.

José M Lemos
Em 21/10/2015 11:16

Excelente planilha para estimativa do valor da hora trabalhada! Honra ao mérito pela iniciativa.
JML (Engenheiro Civíl)

João Lucas C. Filho
Em 14/10/2015 01:08

Após algum tempo procurando tomei conhecimento deste site através da minha filha, muito bom pois, estou aposentado, precisando trabalhar e cobrar corretamente. Obrigado.

Ricardo de Aquino Gerzoshkowit
Em 07/08/2015 13:50

Há muit tempo venho procurando uma ferramenta que me ajudasse a administrar minha empresa e meus trabalhos. Obrigado por disponibilizar e ajudar.

Nilton Machado Cardoso
Em 05/08/2015 13:19

Com certeza esta tabela vai resolver dúvidas de muita gente.

José Ricardo
Em 15/07/2015 12:37

Parabéns essa ferramenta tirou minhas dúvidas e conseguir usar para fazer um serviço de instalação elétrica.

pery anhaia
Em 05/07/2015 10:53

parabéns por esta ferramenta de cálculo, veio a facilitar a vida dos profissionais cadistas que estavam cobrando menos pelos seus serviços. Porque não tinham nem uma base para seguir.

Victor Wesley
Em 01/06/2015 13:56

Ajuda muito! Uma das coisas que os professores mais falam é da dificuldade de calcular o valor do projeto.

Ricardo da Silva Coura
Em 18/05/2015 21:49

Parabéns pela ferramenta, o site oferece um grande apoio aos profissionais da área.

Marcos Trindade
Em 23/04/2015 01:41

Boa noite. Estava testando a planilha e percebi que, para o Centro de Custo aluguel, a mesma só considera valores até o limite de R$ 999,99. Acima deste valor, por exemplo, R$ 1.000,00, ela trata como sendo R$ 1,00.

Respostas:
Fredy (respondeu em 23/04/2015)

Marcos, obrigado pela colaboração. O problema foi corrigido.


William
Em 12/02/2015 16:42

Muito bom!
Parabéns!

matheus
Em 03/02/2015 09:56

Muito bom!!!

paulo camargo
Em 09/01/2015 15:17

excelente, dicas para esclarecer sobre os custos e despesas que incidem na remuneração do profissional autonomo

Marco Aurélio
Em 26/12/2014 13:18

Muito bom, gostei.
Consegui tirar algumas duvidas.

Giovani
Em 25/11/2014 18:41

Ótima ferramenta,com certeza facilita bastante na hora de apresentar os valores de projeto.

jonas antonio de freitas
Em 12/11/2014 09:38

ótima sugestão para cálculos de horas trabalhadas...

larissa santana
Em 07/11/2014 16:38

Muito bom! obrigada pelas dicas, estou aberta para receber ajuda quanto a isso ainda, pois como faço para orçar um projeto (considerando o valor por hora), se não tenho noção de quantas horas vou gastar para faze-lo?

Respostas:
Fredy (respondeu em 12/11/2014)

Olá Larissa,
Tente basear em projetos anteriores. Se você está começando agora, fica complicado estimar as horas que serão gastas, mas a experiência lhe ajudará com o tempo.
Experimente um outro método de cobrança em alguns projetos até ter uma noção, ou então comece a fazer projetos apenas pra você mesma e verificar quantas horas gasta.
Não se esqueça que você deve ser realista quanto ao tempo, por exemplo se estiver aprendendo e for lenta, ninguém vai querer pagar mais pela demora.
Boa sorte.


FABIANO GROBE
Em 01/10/2014 09:18

FIZ EXATAMENTE ESTA ROTINA DE CÁLCULO 20 ANOS ATRÁS,... FOI BEM ÚTIL..mas devo ponderar que os CONTATOS e persistência até achar o cliente correto É ESSENCIAL como a capacidade de identificar oportunistas e PICARETAS "mesmo de empresas grandes" é essencial E AS VEZES É MELHOR NÃO COMPETIR...!!!

Lis
Em 29/09/2014 14:22

Muito útil!

carlos andre
Em 17/09/2014 11:04

BEM PRESTATIVO...PARABENS PELA INICIATIVA..

Jonas dos Santos Bispo
Em 16/09/2014 13:49

Gostei. Muito boa iniciativa, esclareceu muitas duvidas, obrigado!

jonas antonio de freitas
Em 09/09/2014 10:04

Muito as dicas. Conheci essas dicas no canal do Youtube... Parabéns pela inciativa.

Diego Domingues
Em 21/08/2014 01:17

Conheci o blog em um vídeo no youtube. Não vejo desvantagem em relação à um assalariado. As vantagens de ser autônomo são imensas. Abri meu CNPJ e comecei a emitir nota fiscal, abri conta PJ no banco, e com 10 dias, eu já tinha mais crédito do que em 10 anos de conta no mesmo banco.

Respostas:
Fredy (respondeu em 21/08/2014)

Bem colocado Diego, de fato existem vantagens de ser autônomo, lembrando ainda que no caso de quem decide abrir um CNPJ a alíquota do INSS é menor.

De todo modo, há vantagens de ambos os lados. Vale lembrar também, para quem não tem um bom controle financeiro pessoal nem espírito empreendedor, tende a não se dar bem como autônomo.


Claudemir
Em 07/08/2014 16:39

Obrigado pela excelente matéria foi de grande valia para mim. É de conteúdos assim que precisamos. Parabens

diego
Em 27/07/2014 00:45

gostei muito

RENATO BATASSA
Em 10/06/2014 22:54

Parabéns, excelente ferramenta.
Considerando que a plataforma AutoCAD é multitarefa, podendo ser aplicada em diversas áreas, então o custo/h torna-se especialmente interessante para uma referência geral. Sendo assim podemos isolar a variável "habilidade do desenhista", que pode afetar o custo final.

SEVERINO GÓES
Em 09/06/2014 22:22

MUITO ÚTIL! OBRIGADO.

J. Arnaldo Pinheiro dos Santos
Em 08/06/2014 00:37

A maior dificuldade que tenho é a de estimar a quantidade horas. A gente pensa em 100 horas e acaba dispendendo 139, por exemplo.
Se cobrar 150 o cliente acha que é muito, por aí vai.
Eu trabalho com projeto mecânico, uso o Autocad e mais ainda o Inventor.

José Mendes da Silva
Em 26/05/2014 08:12

O site www.aditivocad.com é um dos muitos que existe na rede de sua categoria. O seu diferencial, é o filtro em torno de suas informações, mostrando para o usuário o que ele precisa sem delongas.

MUITO BOM!

Apresentando 60 comentários desta página, os mais antigos foram suprimidos.


Info sobre marcas registradas
Politicas de privacidade e termos de uso do site
www.aditivocad.com - ©2001-2018 Fredy Godinho Braga